9 de novembro de 2010

The Rocky Horror Picture Show!

> O filme é baseado em uma peça inglesa chamada ‘The Rocky Horror Show’ e conta a história de um casal de jovens noivos, que devido a um problema no carro, é obrigado a parar no meio de uma forte chuva para pedir para utilizar o telefone em uma mansão perto de onde o carro parou. Na mansão habita um tipo de cientista alienígena bissexual, vindo de um lugar (planeta/galáxia) chamado Transexual, Transilvânia e naquela mesma noite irá mostrar para alguns convidados seus sua nova criação, feita com o objetivo de lhe dar prazer.
> Os exageros e idéias muito à frente de sua época fazem com que o musical seja um pouco difícil de ser ‘compreendido’, ou melhor, de ser aceito; Existem várias referências a outros filmes populares, em especial, das décadas de 50 e 30. Na canção de abertura são citados filmes como ‘King Kong’, ‘The Invisible Man’, ‘Doctor X’ e ‘Forbidden Planet’, muitos de ficção científica, o que faz com que ‘The Rocky Horror Picture Show’ seja considerado uma sátira à esse estilo de filme. A diversidade sexual é uma das principais idéias trabalhadas no filme. Na verdade, tudo no filme envolve o tema ‘sexualidade’, ele fala de assuntos que eram tratados como tabus na década de 70.
> No elenco, o cientista alienígena bissexual, chamado ‘Dr. Frank-N-Furter’ é interpretado com muita versatilidade por ‘Tim Curry’, que também viveu o personagem nos palcos. O casal de jovem, Brad e Janet, é vivido por Barry Bostwick e Susan Saradon. O elenco de apoio, que na história tem papéis que se destacam, é o mesmo da peça, ênfase para Patricia Quinn e Richard O’Brien (que é responsável pelo roteiro original).
> ‘The Rocky Horror Picture Show’ se tornou um filme cult devido à sua ousadia e ‘criatividade’ e ainda hoje, depois de cerca de 30 anos, ainda é um filme que não é muito bem visto por alguns por ser muito liberal.

0 comentários:

Postar um comentário